Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/a9985/public_html/plugins/system/piwik/piwik.php on line 71
Associação dos Geógrafos Brasileiros - AGB participa do XII Congresso Nacional do Sindicato Nacional dos Servidores do IBGE (ASSIBGE-SN) em Juiz de Fora-MG
Página PrincipalSem categoriaAGB participa do XII Congresso Nacional do Sindicato Nacional dos Servidores do IBGE (ASSIBGE-SN) em Juiz de Fora-MG

XVIII Encontro Nacional de Geógrafos

AGB participa do XII Congresso Nacional do Sindicato Nacional dos Servidores do IBGE (ASSIBGE-SN) em Juiz de Fora-MG

O professor Marco Mitidiero (UFPB) participou como representante da Associação dos Geógrafos Brasileiros (AGB) do XII Congresso Nacional dos Servidores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O congresso reuniu representantes de todos os estados brasileiros. A tônica do evento foi discutir o golpe que derrubou a democracia brasileira em 2016 e as ameaças e ataques do governo golpista ao instituto. A preocupação primeira do sindicato é de assegurar o IBGE como órgão público frente ao alerta de possível processo de privatização anunciada, a miúde, em várias ações do então presidente do IBGE - homem de confiança e indicado diretamente por Michel Temer - Paulo Rabello de Castro (atual presidente do BNDS).

Diante dessa conjuntura, o grito que dominou o evento foi o de “fora Temer” e “por uma gestão democrática do IBGE”. Por isso, o tema das mesas redondas, reuniões e grupos de trabalho foram pautados por análises de conjuntura e demarcação de posicionamentos políticos dos servidores públicos desse instituto responsável por boa parte da coleta e sistematização dos dados sobre o território e a sociedade brasileira. A participação da AGB nesse debate ocorreu na mesa redonda “O IBGE que Queremos”.

captura2

 Nesse momento do evento, o foco foi reunir informações que ajudem na defesa do IBGE como órgão público e de Estado frente às posições neoliberais do governo golpista e da presidência do IBGE. Uma série de ações que tendem para a “privatização” do instituto parecem entrar em curso. No discurso do então presidente Rabello, o IBGE deveria deixar de ter caráter estatal; não contar com financiamento público o que levaria o instituto a cobrar pela disponibilização dos dados, situação nomeada pelos participantes do evento como “IBGE pesque e pague”; direcionar as pesquisas para fomentar o avanço da economia neoliberal e do capital internacional em território brasileiro; diminuir e relativizar o Censo Agropecuário; direcionar os projetos do IBGE a partir das “demandas dos usuários”, etc. No bojo dessas propostas o IBGE já vem sofrendo com a redução e esvaziamento do quadro efetivo de funcionários, contratação de funcionários temporários por baixos salários, redução orçamentária que prejudica e impossibilita o cumprimento do programa de trabalho e demandas cada vez mais crescentes, gestão autoritária, cerceamento da atividade sindical, etc.

No que diz respeito ao debate sobre o papel da Geografia no IBGE ficou claro uma reclamação, que não é nova, sobre o distanciamento da Geografia, marcada pelo desequilíbrio entre a Geografia e as outras áreas que compõe o instituto. Assim, Geociências como um todo foi colocada “em segundo plano”. Também foi apontado, no sentido inverso, a falta de aproximação da Geografia acadêmica frente ao IBGE enquanto órgão federal. Os diálogos entre a produção de conhecimento na Geografia acadêmica e o IBGE não são tão explícitos e colaborativos. Outro ponto importante que marcou o debate foi a contribuição da Geografia para entender o ataque ao Censo Agropecuário 2016, já que os geógrafos saíram na frente na crítica aos cortes do questionário que produzirá o Censo Agropecuário.

O pensamento neoliberal pretende transformar a maior e mais importante base de dados sobre o espaço rural brasileiro em uma fonte de informações para o grande agronegócio, ao ponto que um lema apareceu durante as discussões: “não vai ter Censo!”. Lema de defesa ao legado da série histórica dessa base de dados e da importância de se produzir informações sobre maior universo que ocupa o espaço rural que são os pequenos camponeses produtores de alimentos. Essa crítica constituiu um ponto de aproximação entre o Sindicato Nacional do IBGE e a AGB. 

(Coletivo de Comunicações DEN 2016 - 2018) 

História da AGB

Docs / SupportAqui você pode encontrar um pouco mais sobre a história da AGB e sua ata de fundação.

Leia mais...

Legislação / Estatuto

Docs / SupportVeja aqui a legislação que regulamenta a profissão de geógrafo, o estatuto da AGB e como criar uma Seção Local da AGB.

Leia mais...

Contato

icon-contatoAqui você pode verificar os meios para entrar em contato com a AGB.

Saiba mais aqui...

Free business joomla templates