A territorialização camponesa e do agronegócio no Norte de Minas: algumas leituras preliminares

Gustavo Henrique Cepolini Ferreira, Rosilene Gonçalves da Silva, Franciele Alves da Silva

Resumo


Entender a resistência camponesa, em meio às grandes transformações ocorridas no campo, através do processo de territorialização do agronegócio no Norte de Minas Gerais são as reflexões centrais deste trabalho. Assim, aborda-se a lógica das Minas e os Gerais, a partir das contradições entre a territorialização do campesinato e do agronegócio. Como objetivos secundários apontamos e discutimos as conflitualidades entre o agronegócio e o campesinato, desde aquelas geradas na conquista da terra, até as disputas territoriais travadas entre estes dois modelos no Norte de Minas Gerais. Busca-se assim, compreender a luta pela terra e a territorialização entre classes distintas as quais estão em um iminente conflito. Para tecer tais análises foram coletados dados do IBGE e CPT, para mapear alguns desses conflitos, bem como evidenciar a produção de diferentes culturas permanentes e temporárias no Norte de Minas. Após tais análises foram realizados alguns trabalhos de campo em assentamentos, acampamentos e comunidades rurais, cujos indicativos revelam que o campesinato segue resistindo e produzindo, mesmo quando as políticas públicas incentivam massivamente o agronegócio, sobretudo, nos projetos de irrigação. Portanto, salienta-se que o campesinato recria-se continuamente nas Gerais e segue sua longa marcha na terra de trabalho, vida e luta.


Palavras-chave


Resistência camponesa; Conflitos; Agronegócio; Norte de Minas.

Texto completo:

PDF

Referências


PORTO-GONÇALVES, Carlos W. As Minas e os Gerais – breve ensaio sobre desenvolvimento e sustentabilidade a partir da Geografia do Norte de Minas. In: LUZ, C. e DAYRELL, C. (Orgs.). Cerrado e Desenvolvimento: tradição e atualidade. Montes Claros: Max Gráfica e Editora, 2000.

ROOS, Djoni. A disputa pelo território: agricultura camponesa versus agronegócio nos assentamentos do centro-sul paranaense. XIII Jornada do trabalho, UNESP: Presidente Prudente, 2012. Disponível em: . Acesso em: 05 jan. 2017.

SILVA, Carlos Eduardo Mazzetto. Cerrados e camponeses no norte de Minas: Um estudo sobre a sustentabilidade dos ecossistemas e das populações sertanejas. 1999. Dissertação (Mestrado - Geografia e Organização Humana do Espaço) - Instituto de Geociências - UFMG, Belo Horizonte/MG, 1999.

OLIVEIRA, Ariovaldo U. de. A Geografia Agrária e as Transformações Territoriais Recentes no Campo Brasileiro. In.: CARLOS, Ana F. A. (org.). Novos Caminhos da Geografia. São Paulo, Contexto, 1999.

LEITE, Marcos E. et al. Mapeamento da dinâmica espaço-temporal dos pivôs centrais no norte de Minas gerais, através do sensoriamento remoto. CAMPO-TERRITÓRIO: Revista de Geografia Agrária, v. 9, n. 17, p. 418-435, abr., 2014.

MINAS GERAIS. Projeções do Agronegócio: Minas Gerais 2016 a 2026. 2ª ed. Belo Horizonte: SAEA, 2017.

FEITOSA, Antônio Maurilio Alencar. A luta pela terra no Norte de Minas e o processo de territorialização do movimento dos trabalhadores rurais sem terra-MST: o estudo da Brigada Camilo Torres. 2008. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Geografia). Uberlândia- MG: UFU, 2008.

FEITOSA, Antônio Maurílio A.; BARBOSA, Rômulo S. A dinâmica de luta pela terra no norte de Minas Gerais. In: FEITOSA, Antônio Maurílio A.; ZUBA, Janete A. G.; CLEPS JR, João (Orgs.). Debaixo da lona: tendências e desafios regionais da luta pela posse da terra e da reforma agrária no Brasil. Goiânia: Ed. UCG, 2006.

DAYRELL, Carlos Alberto; LOPES, Frederico Antonio Mineiro. O sertão em mutação. Revista Desenvolvimento Social, nº 19/01, 2016. p. 87-94.

CAA. Centro de Agricultura Alternativa do Norte de Minas. Plano de ações estratégicas para conservação, uso e gestão compartilhada da agrobiodiversidade no semiárido mineiro como estratégia para adaptação às mudanças climáticas e para a soberania alimentar dos povos e comunidades tradicionais 2014 - 2020. Montes Claros: CAA, 2014.

COSTA, Sandra H.G. Os grilos dos Gerais: apropriação de terras e conflito agrário no Norte de Minas. Anais do XI Encontro Nacional da ANPEGE, p. 1288-1298, 2015.

______. Terra seca, chão fecundo: grilagem de terras e conflito agrário no Norte de Minas Gerais. Anais do SINGA, 2015a.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2447-0945