ALGUMAS QUESTÕES SOBRE A AMAZÔNIA COMO “FRONTEIRA”

Ricardo José Batista Nogueira

Resumo


Este trabalho procura por em questão a caracterização muito generalizada da Amazônia como região de fronteira económica. Discutimos as obras de Otávio Velho (1979), José de Souza Martins (1975) e Berta Becker (1982) pela importância da difusão desta idéia. Tomamos como referências principais a noção de espaço relacional, trabalhada por Harvey (1980); e a idéia de Moles e Rohmer (1972) sobre o confronto entre uma “filosofia da centralidade” e uma “ filosofia da extensão cartesiana”. Noção construída de fora, concluímos o nosso trabalho sugerindo o fim do uso desta expressão, não porque ela, a fronteira, tenha se fechado (Hebette, 1991), ou porque a região já tenha se “integrado”, mas porque se tornou comum usá-la para denominar o “ outro” que não está no “ centro” . 


Palavras-chave


espaço, fronteira, Amazônia.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2447-0945