Site antigo da AGB

No ano de 2013 a AGB iniciou o ano com um site inteiramente novo! Para acessar as informações do site antigo basta clicar na imagem ou aqui.

Página Principal

VII Congresso Brasileiro de Geógrafos

informações

ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DA AGB – SÃO PAULO – 18/10/2014

ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DA AGB

SÃO PAULO – 18/10/2014

 

 Comissão Organizadora da Assembleia Geral Extraordinária da AGB: Eduardo Carlini (AGB-São Paulo), Lara Schmitt Caccia (AGB-Porto Alegre) e Paulo Alentejano (AGB-Rio de Janeiro).

1. Abertura

 

  • Leitura da convocatória da Assembleia Extraordinária da AGB pela Comissão Organizadora da Assembleia.

Convocatória da Assembleia Extraordinária da AGB:

Diante da inexistência de Chapa para a eleição da Diretoria Executiva Nacional da AGB para o biênio 2014-2016, a Assembleia Geral Ordinária realizada em Vitória no dia 16 de agosto de 2014, com fundamento no artigo 65, combinado com o artigo 16 e seguintes do Estatuto da AGB, deliberou pela convocação de Assembleia Geral Extraordinária para o dia 18 de outubro de 2014 às

14h na Sede da AGB, na Universidade de São Paulo (USP), em São Paulo-SP, na (Av. Lineu Prestes, 338 – Geografia/História – Cidade Universitária).

Os associados presentes à Assembleia do dia 16 de Agosto de 2014 deliberaram que a Assembleia

Geral Extraordinária do dia 18 de outubro de 2014 terá três pontos de Pauta:

1. Eleição da Diretoria Executiva Nacional da AGB para o biênio 2014-2016;

2. Eleição do Representante da AGB no Sistema Confea-Creas;

3. Sede do 18º Encontro Nacional de Geógrafos.

 

Leia mais...

Os mapas e a (des)construção dos dois Brasis

Acesse o link e leia o texto da AGB Campinas sobre os resultados eleitorais, motivado pelos recentes acontecimentos políticos.

http://agbcampinas.com.br/site/2014/doisbrasis/

 

Prosa Geográfica - Breve ensaio de uma década da AGB - Viçosa

Conheça a Prosa Geográfica, o informativo da AGB Seção Local Viçosa, especial 10 anos.

Attachments:
Download this file (Prosa Geográfica_AGB_Viçosa.pdf)Prosa Geográfica_AGB_Viçosa.pdf[ ]1170 kB

Convocatória da 120ª RGC

Veja a Convocatória da 120ª RGC.

Attachments:
Download this file (Convocatoria_120_RGC.pdf)Convocatoria_120_RGC.pdf[ ]82 kB

Crise hídrica, uma crise política

 

 

 

 

(Governador Geraldo Alckmin (PSDB) faz ato para “inaugurar” o uso do volume morto. Foto: Agência O Globo)

 

Crise hídrica, uma crise política

Em meio ao alastramento da crise hídrica no estado de São Paulo — cujos impactos vão sendo sentidos cada vez mais em nossa cidade e anunciam uma calamidade pública — cabe analisar suas razões e combater o entendimento, aparentemente dominante, de que a falta d’água na casa das pessoas tem origem natural. A crise hídrica é uma questão política, e não climática.

 Há tempos, a organização do espaço em que vivemos não é mais “refém” das dinâmicas da natureza. Nosso território é organizado e usado pela sociedade, segundo suas intenções e seus projetos, superando percalços e dificuldades colocadas pela base natural originária. A vida de dezenas de milhões de pessoas na macrometrópole paulista (da qual fazem parte as regiões metropolitanas de Campinas e de São Paulo) somente é possível graças aos grandes sistemas técnicos e obras de engenharia, que, por sua vez, exigem manutenção constante para que não entrem em colapso. Como já dizia o geógrafo francês Hilderbert Isnard, na década de 1970, não há mais espaços naturais — todo o espaço terrestre é organizado pelo homem. Em grande medida, as pessoas moram, trabalham, alimentam-se e possuem (ou não) água devido ao planejamento e à política que certos grupos e agentes aplicam e impõem.

No caso da atual crise hídrica, esse entendimento é essencial: o que está em crise é o abastecimento de água “planejado” (de forma desastrosa) pelos governantes dos estados. A crise hídrica se deve às falhas na organização desse sistema de abastecimento, que sabíamos — nós e os governantes — estar em colapso há mais de dez anos. Culpar a falta de chuvas é uma fuga típica (já utilizada em 2001 para justificar o racionamento de energia elétrica), que só é possível graças ao imenso silêncio midiático em torno das responsabilidades do governador reeleito de nosso estado, Geraldo Alckmin (PSDB), e da empresa responsável pelo abastecimento de água do estado, a Companhia de Saneamento Básico (Sabesp).

Leia mais...

Pagina 1 de 9

História da AGB

Docs / SupportAqui você pode encontrar um pouco mais sobre a história da AGB e sua ata de fundação.

Leia mais...

Legislação / Estatuto

Docs / SupportVeja aqui a legislação que regulamenta a profissão de geógrafo, o estatuto da AGB e como criar uma Seção Local da AGB.

Leia mais...

Contato

icon-contatoAqui você pode verificar os meios para entrar em contato com a AGB.

Saiba mais aqui...

Free business joomla templates